segunda-feira, 27 de setembro de 2010

UNIVERSITÁRIOS DA UFF OCUPAM CASARÃO

Finalmente, depois de uma ação pensada e planejada pelos universitários da UFF, o casarão suntuoso e abandonado em área vizinha a universidade foi por eles ocupado.

A idéia da ocupação da casa surgiu após algumas reuniões entre os alunos da UFF cujo debate girou em torno da demanda criada pela ampliação da UFF após a implantação de novos cursos que têm atraído estudantes de outros municípios e muitos deles enfrentam dificuldades para se estabelecer em Campos e frequentar o curso para o qual foram aprovados.

Além disso a casa abandonada estava servindo de abrigo para moradores de rua, gerando insegurança nos alunos já que, há algum tempo uma estudante foi arrastada para o interior do imóvel tendo sido salva por uma vendedora ambulante que percebeu a movimentação estranha e deu o alarde.

Neste momento 40 estudantes estão ocupando o imóvel desde sábado 4:30 da manhã e outros tantos se revezam durante o dia. A primeira ação dos estudantes foi promover um mutirão de limpeza para tornar habitável o casarão abandonado, evitando desta maneira qualquer risco para os mesmos.

O objetivo da ocupação é a desapropriação do imóvel pelo poder público municipal para que este possa cumprir a função social reivindicada pelos universitários:

* oferecer alojamento para alunos oriundos de outros municípios e que não tem condições de alugar moradia;

* oferecer hospedagem provisória para alunos em condições de alugar moradia mais que precisam de um tempo para providenciá-la;

* oferecer "bandejinha" - refeições esporádicas - aos alunos, feita pelos residentes da casa, já que o bandejão prometido não tem prazo para começar;

* criação de curso Pré.Vestibular destinado à alunos carentes;

* criação de uma biblioteca comunitária a partir de campanha de doação de livros;

Universitários de outras instituições, UENF e IFF, estão apoiando a ação altruísta dos alunos da UFF.

Aos universitários envolvidos nesta ação coletiva os aplausos desta blogueira na certeza de que juntos somos mais fortes.

Um comentário:

  1. Lara Barreto de O. Seixas27 de setembro de 2010 18:36

    O movimento estudantil da UFF tem demandado inumeras lutas de vanguarda e garantido muita organização perante todos os professores e estudantes e até mesmo perante a direção desta renomada instituição.As propostas de ação e as próprias tem cada vez mais atraido aqueles que sonham com uma Universidade plural e com a realização de seus direitos previstos na constituição, sendo assim: temos hoje estudantes na casa localizada nas proximidades, essa atitute ousada vem sendo frente de debates junto aos movimentos sociais como sindicatos e movimento sem terra. Eu me declaro fruto desta luta e tenho o compromisso ético com esta estudantada aguerrida. Minha eterna Universidade esta avançando na pespectiva da libertação e da justiça social. Pensemos juntos também nos moradores de rua, nas prostitutas e nos trabalhadores rurais. Na UFF- Campos são mais de 50% dos estudantes oriundos de outros municípios da região que sem assistência estudantil não terão sua permanência para garantir sua formação.

    ResponderExcluir